O que é uma ressonância magnética?

O método de Diagnóstico por Imagem Ressonância Magnética (RM) mede o teor de água dos tecidos do corpo, através da aplicação dos campos magnéticos. De uma forma simplificada, mede as alterações de sinal de movimentos dos prótons de hidrogênio, que são transformados em imagens de altíssima definição anatômica das partes examinadas do nosso corpo. Como não usa radiação ionizante, o método é seguro e inócuo ao nosso organismo.

Permite o diagnóstico de diversas condições patológicas relacionadas ao sistema nervoso central (cérebro / medula espinhal / coluna vertebral), sistema musculoesquelético (músculos / articulações), abdômen (fígado / vias biliares / pâncreas / trato gênito-urinário), tórax e sistema circulatório (angiorressonância). Desta forma, tumores cerebrais, esclerose múltipla, hérnia de disco intervertebral, desgastes nas articulações (artrose), apenas para citar alguns exemplos, podem ser diagnosticados e seus tratamentos monitorados. 

Merece destaque o papel da Ressonância Magnética no diagnóstico e monitoramento terapêutico do câncer de próstata (Ressonância Multiparamétrica) e da endometriose pélvica, que é uma causa importante de dor pélvica crônica e infertilidade na mulher.

CONTRAINDICAÇÕES E RISCOS 

Como usa um alto campo magnético, pacientes que possuem clipe de aneurisma cerebral, implante metálico de ouvido, válvula cardíaca metálica e eletroestimuladores (marca-passo cardíaco), precisam ser rigorosamente avaliados para saber se podem ou não ser submetidos a este exame;

Gestação no primeiro trimestre: em geral se evita a sua realização neste período, pois o embrião está em formação e eventualmente pode ter o seu desenvolvimento prejudicado.

PREPARO

Algumas vezes é importante a utilização do contraste (gadolínio), que é injetado numa veia do antebraço. Por isso, o jejum de 2 a 3 horas é necessário. No caso de exames do abdômen o tempo de jejum é maior (em média 8 horas);

É necessário comparecer sem maquiagem, nem gel ou creme nos cabelos, bem como joias, brincos e pingentes. Além disso, recomenda-se a retirada de piercings;

Pacientes menores de 18 anos devem estar acompanhados de um responsável legal;

Amamentação: quando houver a necessidade de utilização de contraste, a amamentação deverá ser suspensa até 24 horas após o término do exame. Neste caso orientamos que a paciente estoque o leite materno previamente ao exame (por 24 horas), devendo descartar o líquido de ambas as mamas neste período. Ou seja, nas 24 horas após o exame, deverá utilizar o leite que foi previamente estocado;

Pacientes que sofrem de claustrofobia (medo de lugares fechados) podem necessitar da utilização de um sedativo previamente à realização do exame.

DURAÇÃO DO EXAME

Como é um exame de alto detalhamento anatômico, a sua duração pode variar de 15 a 30 minutos por segmento do corpo a ser estudado.


Ferramenta: POW Sites